Uso de apps ao invés de Excel? Saiba o porquê!

O uso de apps vem ganhando cada vez mais espaço no mercado. Trata-se de um tipo de solução digital desenvolvido para atividades específicas. Com eles, o usuário não precisa desenvolver toda a lógica por trás da gestão das informações, como acontece com as planilhas de Excel.

No entanto, é natural ter algumas dúvidas em relação aos benefícios. Pensando nisso, criamos este post para mostrar por que o uso de apps pode ser extremamente vantajoso para o ambiente corporativo. Confira!

Mobilidade e facilidade de acesso

Um dos principais diferenciais dos apps é que eles podem ser acessados a qualquer momento. Graças à sua interface amigável para dispositivos móveis — ou mobile friendly —, o usuário pode consultar o aplicativo do próprio smartphone ou tablet.

Com uma simples conexão com a internet, as informações estão ao alcance das mãos, permitindo consultas, modificações e ações em geral.

Registro completo das informações

Os apps oferecem uma interface pensada especificamente para aquele uso. Com isso, eles permitem não só o armazenamento e a integração de todas as informações necessárias, mas o acesso facilitado a esses dados.

Em vez de uma planilha complicada e com mecanismos de busca obsoletos, um app pode ser otimizado com botões e abas para cada função desejada. Assim, a própria leitura das informações se torna mais fácil, agilizando a rotina dos usuários.

Aumento da produtividade

desempenho de cada profissional tem impacto significativo na produtividade da empresa como um todo. Nesse sentido, é preciso otimizar os processos do dia a dia, tornando-os mais rápidos e eficientes. Isso explica o grande sucesso dos apps no ambiente corporativo.

Ao deixar de lado a necessidade de programar toda a planilha para funcionar como o usuário precisa, essa ferramenta promove um ganho de tempo significativo. Os profissionais podem focar nas suas atividades mais importantes, deixando de lado o trabalho braçal de ajustar continuamente a lógica por trás do software.

Vale destacar que o acesso facilitado à informação e a disponibilidade de funções específicas também geram ganhos de performance. Um app com a função de gerar relatórios, por exemplo, é capaz de integrar os dados em um formato muito mais útil.

No caso do Excel, seria necessário coletar os dados das planilhas e transformá-los manualmente em um relatório para aquela finalidade específica.

Precisão da base de dados

A falha humana é um problema recorrente no uso de planilhas. No momento em que o usuário assume não só a função de atualizar os dados, mas a de manter operante a lógica por trás da ferramenta, os erros podem surgir.

A vantagem dos apps é que eles são programados inicialmente para garantir a confiabilidade dos dados armazenados. Isso não só elimina a chance de falha humana como permite, por exemplo, mapear quem faz as alterações e garantir a integridade das informações.

Para complementar, ele proporciona mais interatividade. Os usuários podem atualizar os dados de seus próprios dispositivos e o app integra as informações atualizadas no banco de dados acessado por todos os outros funcionários.

Vale destacar, por fim, que estamos falando de ferramentas sucintas e de fácil manuseio. Logo, não é preciso ser um expert ou passar por longos treinamentos para fazer uso dos aplicativos.

Como você pode ver, o uso de apps vem para revolucionar o ambiente corporativo. Faça uso dessa ferramenta e otimize a dinâmica interna da sua organização, beneficiando cada um dos funcionários e a empresa como um todo!

Se gostou do post, compartilhe nas redes sociais e veja quais apps seus colegas de trabalho costumam utilizar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *