Como controlar a ansiedade no ambiente organizacional?

Atualmente, é comum se deparar com pessoas agindo sem o devido controle de suas emoções em locais de trabalho. É certo que algumas atividades, favorecem mais esses comportamentos do que outras, uma vez que o excesso de cobrança, o trabalho sobre pressão, metas muito altas, ou seja, o nível de exigência acaba causando sofrimento e cada vez mais é preciso controlar a ansiedade.

A situação é realmente complicada, o trabalhador se sente desmotivado, o rendimento reduz, a cobrança aumenta, a empresa se prejudica. Trata-se de um impasse que exige compreensão, empatia e muita calma para evitar desgastes.

Então, essa situação descreve você? Que tal conhecer algumas dicas importantes para ajudar a controlar o seu nível de ansiedade? Prossiga com a leitura deste post e confira!

Como controlar a ansiedade no trabalho

Conheça as habilidades socioemocionais

Os seres humanos têm uma série de competências que ajudam a lidar com suas emoções, gerenciar metas de vida e se relacionar com as outras pessoas. São as chamadas habilidades socioemocionais que compreendem o autoconhecimento, a empatia, o espírito colaborativo, a resiliência, entre outras. Procure identificar as suas.

Tenha autoconhecimento

Não há possibilidade de mudanças acontecerem sem você ter autoconhecimento, conhecer a si mesmo aumenta o seu autocontrole, te deixa mais seguro e o torna capaz de reconhecer o que precisa mudar ou reforçar, faz você enxergar a si e aos outros com mais clareza e sensatez e, assim, agir com empatia evitando a ansiedade e desgastes nas relações interpessoais.

Identifique a origem do estresse

Uma vez que já tem autoconhecimento, o passo seguinte é identificar quais são os atravessamentos que geram o desânimo com o trabalho. Não adianta falar a si mesmo que é apenas a correria diária, uma justificativa muito genérica e que pode ofuscar o problema e impedir ações mais adequadas para solucioná-lo.

Evite a sobrecarga e aprenda a dividir tarefas

Uma empresa eficiente aposta na boa gestão e em seus colaboradores. Estar sobrecarregado provoca estresse e não é garantia de sucesso, pelo contrário é sinônimo de correria contra o tempo e, muitas vezes, atividades realizadas sem qualidade.

Mantenha o seu ambiente organizado e confortável

A desorganização causa instabilidade, confusão e consequentemente irritação. Manter o seu espaço de trabalho organizado traz a leveza, prazer em desenvolver a atividade, e é claro, realização do seu trabalho sem estresse e ansiedade, mas em perfeitamente em harmonia.

Exercite o relaxamento e a respiração profunda

Quando há o relaxamento muscular, começamos a acalmar, diminuir a tensão e aumentar a clareza de pensamento. Para controlar a ansiedade se faz necessário ter homeostasia corporal. A respiração profunda usada conjuntamente com o relaxamento, também propicia a desativação fisiológica, favorece igualmente sensações de descontração, de leveza e tranquilidade.

Entenda a importância de controlar a ansiedade no local de trabalho

A vida adulta é composta por responsabilidades, entre elas, o trabalho. Geralmente, os profissionais se capacitam por meio da formação acadêmica, cursos técnicos, de graduação e ou pós-graduação.

No entanto, essas qualificações não asseguram o sucesso profissional. O percurso de qualquer carreira não depende apenas de conhecimentos e técnicas inerentes à área de formação, está necessariamente ligada ao equilíbrio emocional, habilidade que possibilita ao ser humano saber gerir seus sentimentos e emoções, a fim de controlar seus comportamentos para atingir os seus objetivos.

Diante de todas as dicas apresentadas, vale ressaltar que não basta apenas conhecer cada uma delas, mas incluí-las em sua vida de forma constante. Manter o controle da ansiedade é uma atitude necessária para garantir boas práticas de conduta e relacionamento com os outros, sempre visando o bem-estar de todos.

Então, gostou do post de hoje? Foi importante fazer uma reflexão sobre os seus comportamentos? Que tal conhecer outros temas relevantes. Visite a nossa página noFacebook e faça novas reflexões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *