3 indicadores de RH indispensáveis para sua empresa

Os indicadores de RH têm contribuição valiosa para a tomada de decisões estratégicas. Essas principais métricas fornecem uma visão geral rápida da eficácia do setor.

Na última década, os recursos humanos evoluíram de um departamento de gestão de benefícios (unicamente orientado a serviços) para um ativo organizacional mais estratégico.

As empresas de todo o mundo discutem regularmente sobre a importância de contratar e reter os talentos certos, e essa capacidade é frequentemente considerada como um dos maiores precursores do sucesso do negócio.

O que são os indicadores de RH?

Os principais indicadores de recursos humanos são métricas estrategicamente alinhadas com os negócios e refletem o desempenho organizacional da empresa. Esses indicadores medem as ações que o RH faz para o sucesso de médio a longo prazo da empresa. Também mostram o que está acontecendo atualmente e servem como um sinal de alerta antecipado de que a mudança pode ser necessária.

Por que eles são essenciais para uma gestão eficaz?

O objetivo de qualquer gerente de RH é ajudar uma empresa a atingir suas metas de negócios, encontrando e contratando as pessoas certas para depois treiná-las e gerenciá-las da maneira correta. Embora o objetivo e a estratégia do RH possam ser claros, como se pode dizer que o departamento está no caminho certo? Ou que a estratégia de RH está sendo executada de forma eficaz? Os indicadores ajudarão nesse caso, mas apenas se forem aplicados corretamente.

Quais são os principais indicadores de RH?

Medir o resultado de um processo é ação fundamental na construção de um indicador de desempenho. O motivo para medi-lo é permitir que ações corretivas sejam tomadas se o processo não atingir o resultado esperado. Confira abaixo os principais indicadores de desempenho de RH:

1. Tempo médio de empresa

A rotatividade de funcionários indica a estabilidade no emprego de uma empresa. Isso permite entender sobre a retenção de colaboradores, que pode estar relacionada a fatores como a remuneração ou o clima de trabalho. Além do custo de perder um funcionário, a perda de talentos obrigará a empresa a gastar tempo e dinheiro para recrutar um novo colaborador. Assim, um índice de alta rotatividade de pessoal implica altos custos para o empregador.

2. Produtividade

Os indicadores de produtividade podem atuar como categorias entrelaçadas. As metas de vendas e as margens de lucro são bons exemplos. Porém, medir a produtividade pode significar coisas diferentes. Os funcionários concluem seus projetos no prazo e da forma correta? E quanto ao resultado desses esforços? Eles fazem todas as tarefas de acordo com o que foi programado? Em caso de resposta negativa, é preciso verificar onde os ajustes são necessários.

3. Custos de treinamentos

Aqui está um exemplo de indicador de RH usado para medir quanto foi investido com novas contratações e na atualização de sua educação. É uma métrica útil para acompanhar os custos de desenvolvimento dos funcionários e tomar decisões mais inteligentes quando se trata de desenvolver suas habilidades após a contratação.

No entanto, os custos de treinamento não devem se limitar a novas contratações — cada vez mais os colaboradores desejam ter melhor desenvolvimento de trabalho e almejam um aprendizado contínuo em suas posições.

Como vimos, os indicadores de RH são muito importantes porque trazem informações necessárias para analisar todo o processo empresarial.

Para saber mais sobre o assunto e estratégias gerenciais, entre em contato conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *