Qual a importância do feedback para o engajamento da equipe?

Muitas empresas sabem da importância do feedback para alcançar resultados. Mas são poucas as companhias que conseguem aplicá-lo de forma correta. Considerada como uma ferramenta poderosa no engajamento da equipe, promete transformações positivas para os seus colaboradores.

Mas para adotar uma política de feedbacks dentro das empresas, é necessário seguir alguns passos para que ela se torne assertiva e você obtenha os resultados esperados. Destacamos em nosso artigo cinco importantes passos para desenvolver o feedback nas instituições. Confira!

Mantenha a objetividade

Ao tratar o feedback com o seu colaborador, é fundamental que ele entenda o que você está falando. Portanto, evite usar expressões que fujam do assunto que vocês estão conversando.

Pontue com clareza onde ele está errando e como ele pode melhorar. Faça uso de exemplos reais do dia a dia para mostrar a ele como o seu trabalho foi destaque em uma determinada tarefa.

Seja objetivo em suas colocações, faça críticas construtivas para não frustrar o colaborador e se mostre disponível para desenvolvê-lo. Dessa forma, ele se mostrará disposto a buscar uma solução.

Seja imparcial

Todo feedback precisa ser imparcial. Você não pode colocar as suas impressões pessoais sobre o funcionário. A avaliação precisa ser baseada em indicadores de desempenho que comprovem o que você está falando.

Isso é importante para que o colaborador entenda que ele está sendo avaliado conforme os critérios da empresa e não baseados em seus critérios como gestor. Com isso, ele se sentirá mais seguro, pois saberá que o objetivo é melhorar a qualidade do seu trabalho.

Invista no feedback contínuo

Aplicar feedback não é tarefa fácil para nenhum gestor e muito menos para quem está sendo avaliado. Quando o feedback não é frequente, ele apenas capta os últimos acontecimentos ou aqueles que tiveram péssimos resultados.

Para trabalhar melhor o gerenciamento de equipes, é interessante adotar o feedback contínuo. Com ele, o colaborador saberá os pontos que devem ser melhorados de imediato e quais são os métodos aplicados que estão colhendo bons resultados.

Ao ser avaliado constantemente, o funcionário se sentirá mais motivado para buscar atingir a sua meta. O processo torna-se mais natural e informal quando gestor e colaborador tem a possibilidade de aplicar o feedback conforme as suas necessidades.

Pratique a empatia

No feedback é necessário se colocar no lugar do outro para entender como o seu colaborador se sente naquele momento. Quando você aplica um feedback mais duro, nem sempre o resultado é o esperado.

Isso porque você não sabe quais os problemas enfrentados pelo funcionário no seu dia a dia. Portanto, pratique a empatia nesse momento e se mostre disposto a ouvi-lo e entendê-lo. O resultado será um colaborador mais confiante e engajado com o propósito da empresa.

Esteja atento aos resultados

A principal importância do feedback é fazer o colaborador entender quais seus erros e acertos e como eles podem influenciar positivo ou negativamente no resultado da empresa. Para isso, é importante que você perceba que o funcionário compreendeu todo o processo do feedback.

Caso ele não tenha compreendido, provavelmente, você não perceberá mudanças em seu comportamento. Já aqueles que entenderam onde precisam melhorar, vão procurar soluções para aprimorar o seu desempenho e aumentar a produtividade no trabalho.

Quando o profissional se mostra disposto à mudanças, ele entende que faz parte do time da empresa e que precisa trabalhar para alcançar os resultados esperados. Isso faz com que ele se sinta engajado com o objetivo da equipe.

Entender a importância do feedback é saber valorizar cada colaborador e se preocupar com o desenvolvimento profissional dele. É estimular o que ele tem de melhor e ajudar no que ele precisa corrigir. Somente dessa forma você irá perceber o engajamento da sua equipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *